quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Leftfield - (1995) Leftism


Do livro 1001 Discos Para Se Ouvir Antes De Morrer: "A expectativa estava matando todos. Paul Daley e Neil Barnes tinham estabelecido fundações sólidas para a música dance britânica com a formidável 'Open Up', [...] Leftism tem um ritmo estupendo. [...] A primeira meia hora é passada em espaços escuros ('Release The Pressure'), criando sons que deixam qualquer um impressionado ('Melt') e arrebatando a caixa torácica do ouvinte com linhas de baixo arrasadoras ('Original'). A capa do álbum - um cone de alto-falante imprensado por uma mandíbula de tubarão - é uma declaração de intenções. Depois de seduzi-lo, a dupla decide que chegou o momento de subjugá-lo. A monumental 'Space Shanty' consegue isso sem um mínimo esforço - sete minutos de pura loucura só igualados por 'Voodoo People', do Prodigy, dentro do gênero. [...] Leftism foi candidato aos Mercury Music Prize inglês. O fato de ter perdido para Dummy, do Portishead - trabalho igualmente revolucionário -, não significa que não tenha restaurado a fé na música dance: Leftfield salvou o gênero.

Leftfield - (1995) Leftism [Limited Edition]:

01 Release The Pressure
02 Afro-Left
03 Melt
04 Song Of Life
05 Original
06 Black Flute
07 Space Shanty
08 Inspection Check One
09 Storm 3000
10 Open Up
11 21st Century Poem
12 Afro-Ride
13 Release The Pressure (Release)
14 Original (Live Dub)
15 Filter Fish
16 Afro-Central
17 Release The Pressure (Release)
18 Cut For Life

Deguste um Fluxo:



Afro-Groove:



Visite a página do artista: Leftfield

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...